Pesquisar conteúdo deste blog

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Our Galaxy's Magnetic Center | O centro magnetico de nossa galaxia


Com que se parece o campo magnetico no centro da Via Lactea? Para ajudar a descobrir isso, o SOFIA — um observatorio aerotransportado a bordo de um Boeing 747 modificado — da NASA fotografou a região central com um instrumento denominado HAWC+. O HAWC+ mapeia o magnetismo ao observar a luz infravermelha polarizada emitida por grãos de poeira alongados girando em alinhamento com o campo magnetico. 

Acontece que, no centro da Via Lactea, há um buraco negro supermassivo que tem como hobby absorver o gas de estrelas que ele mesmo destruiu recentemente. Entretanto, o buraco negro da nossa galaxia é relativamente tranquilo comparado ao ritmo dos buracos negros centrais existentes nas demais galaxias ativas. 

Esta imagem dá uma pista sobre o por que um campo magnetico circundante pode tanto conduzir o gas para um buraco negro — which lights up its exterior, ou forçar o gás em um padrão  accretion-disk holding pattern, causing it to be less active -- ao menos temporariamente. 

Uma inspeção desta imagem — parecendo, talvez, uma surreal mistura de arte impasto e astrofísica gravitacional — mostra esta pista reveladora detalhando o campo magnetico dentro e ao redor de um anel de poeira circundando Sagittarius A*, o buraco negro no centro da Via Lactea.

Tradução L M Leitão da Cunha

What's the magnetic field like in the center of our Milky Way Galaxy? To help find out, NASA's SOFIA -- an observatory flying in a modified 747 -- imaged the central region with an instrument known as HAWC+. HAWC+ maps magnetism by observing polarized infrared light emitted by elongated dust grains rotating in alignment with the local magnetic field. 

Now at our Milky Way's center is a supermassive black hole with a hobby of absorbing gas from stars it has recently destroyed. Our galaxy's black hole, though, is relatively quiet compared to the absorption rate of the central black holes in active galaxies. 

The featured image gives a clue as to why -- a surrounding magnetic field may either channel gas into the black hole -- which lights up its exterior, or forces gas into an accretion-disk holding pattern, causing it to be less active -- at least temporarily. 

Inspection of the featured image -- appearing perhaps like a surreal mashup of impasto art and gravitational astrophysics -- brings out this telling clue by detailing the magnetic field in and around a dusty ring surrounding Sagittarius A*, the black hole in our Milky Way's center.

Nenhum comentário:

Postar um comentário