Pesquisar conteúdo deste blog

Carregando...

terça-feira, 30 de março de 2010

Sibutramina com receita azul B2 e tarja preta

A Anvisa, após a campanha contra o moderador de apetite Sibutramina, decidiu dificultar as coisas, exigindo, a partir de hoje, 30/3/10, a apresentação de receita azul, no lugar da antiga, comum, que também ficava retida.
Mas os jornais estão dando a notícia incompleta. Existem dois tipos de receita azul, que também é chamada Receita B: A receita B, simplesmente, e a receita B-2.
Pois a Sibutramina só pode ser comprada com a receita B2. Muitos médicos, distraídos, poderão não atentar para o detalhe, e o paciente terá de voltar à clínica para trocá-la. Qualquer médico pode receitá-la, inclusive clínicos gerais, na dose máxima de UMA cápsula de 10 ou 15 mg por dia, o que siginica que só poderão ser compradas duas caixas de 30 cápsulas por receita. A embalagem muda de tarja vermelha para preta, e a partir de julho/2010, a quantidade passa a ser esta: 1 cápsula de 10mg ou 15mg por dia, durante 60 dias.


Importante: Se o médico receitar mais de uma cápsula, a farmácia só poderá vender UMA caixa, logo, não adianta pedir receita com três caixas e duas cápsulas ao dia porque isso não é permitido, e o paciente acaba levando uma só caixa. 

Portanto, ao receber de seu médico a receita azul para a Sibutramina, que, aliás, deve ser receitada pelo nome genérico, esse mesmo, e não de marca, para que você possa optar pela marca mais barata (remédios têm variações de preços de até 1.400% em S.Paulo), verifique se é B2.
 
Detalhe: Toda receita médica controlada tem validade máxima de 30 dias. Exceção feita aos antibióticos, cujas receitas caducam em apenas dez dias, segundo O Globo (29/11).
Fonte: Anvisa


85 comentários:

  1. o médico não é "obrigado" a receitar somente o nome genérico.Ele pode dar um nome de medicação de da preferência dele, sim.

    ResponderExcluir
  2. Você tem toda a razão, mas eu não escrevi que ele obrigado, mas, sim, que "deve". Eu entendo deve, aqui no contexto, como "não obrigatório,porém recomendável".

    Justamente pata não haver favorecimento aos laboratórios, pois o sal é exatamente o mesmo, como atestam os testes de bioequivalência. E quanto aos laboratórios que os fabricam, há vários de renome: Aché, Biosintética, Basf, Eurofarma.

    Eu disse "deve" também em respeito ao consumidor carente, para quem as diferenças de preços (Remédios variam mais de 500%, O Estado de S. Paulo, manchete recente)são bastante sognificativas, podendo, inclusive, impedi-lo de ter acesso ao medicamento.

    Abraços, grato pelo comentário e opinião.

    ResponderExcluir
  3. A obrigação é relativa. No SUS, por força de lei, o médico é SIM obrigado a prescrever o genérico, a não ser q não haja genérico do medicamento. No caso da sibutramina, ela deverá ser escrita no nome genérico. Já em serviços particulares, fica a critério do médico, genérico ou de marca.
    Abraços.
    Dr Petrus
    CRM-PE 16844

    ResponderExcluir
  4. Petrus, obrigado pelo esclarecimento. No SUS, então a obrigação existe, e no âmbito particular, não.

    Agora, eu não entendo a razão de alguns médicos fazerem questão de receitar o nome de marca. No caso dos controlados, eu sei, e me corrijam se estiver errado, que a receita tanto pelo nome genérico quanto de marca permite comprar o genérico. Eu mesmo adquiri, aqui, em SP, Alprazolam, do laboratório Eurofarma, com uma receita de Frontal, que custa 4 vezes mais.

    Já os não controlados, existe uma razão, sim, para o médico receitar pela marca: Com a receita genérica, ou até sem receita nenhuma, o paciente compra de qualquer laboratório, e aí pode mesmo levar gato por lebre.

    Alguém queria saber o prazo de validade das receitas B e B2. Todas as receitas de controlados, inclusive a branca, valem por 30 dias da data da emissão.

    Abraços!

    Luiz Leitão

    ResponderExcluir
  5. Eu queria completar uma coisa aqui: Pra mim, a sibutramina funcionou perfeitamente. Desci, ao longo de um ano, de 74 para 58 kg, parei de tomar faz tempo, e mantenho o peso, mesmo sem exercícios. Pressão: 12:8, idade: 54, altura 1m70.

    ResponderExcluir
  6. Quais as conseqüências se eu tomar esse remédio,amamentando uma criança de 11meses,quero tirar ela do peito tb??

    ResponderExcluir
  7. leidiana,

    Não sou médico, portanto, aconselho-a a parguntar ao seu pediatra. Após o desmame, não há como a substância passar para o bebê, mas no começo ela dá algum mal estar, tristeza, e outros efeitos, variando conforme a pessoa, portanto, a opinião do seu médico é fundamental, não tome sem ouvi-lo antes.

    Abraços, tudo de bom para vc e o BB

    ResponderExcluir
  8. Ok obrigado,to louca para emagrece ta difícil.a gravidez me deixou 5kgs de presente,nao sei o que eu faço.....

    ResponderExcluir
  9. que tipo de medicamento de emagrecimentto pode passar com a receita B se não tem a B2 obrigado marcia

    ResponderExcluir
  10. Ao que eu saiba, as anfetaminas, como a Anfepramona, que eu, frizando que não sou médico, entrevistei alguns médicos e eles me disseram que a Anfepramona requer doses cada vez mais altas, logo, vicia. A Sibutramina, ru larguei há meses, e mantenho 57/58 kg, quando tinha 74. Estou ótimo, pressão normal, e feliz por entrar em calça 36.

    Não fico pensando em comida, e isso conta.

    Qualquer médico, clínico geral e demais, pode receitar com B-2.

    ResponderExcluir
  11. Somente para ter certeza....
    A Sibutramina pode ser receitada pelo clínico geral?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  12. Então a Sibutramina pode ser receitada pelo clínico geral?

    ResponderExcluir
  13. Pode, o meu médico é clínico geral e me deu, com receita B-2, a correta. Agora, não estou mais tomando, já emagreci mais do que necessitava.

    ResponderExcluir
  14. Repetindo aqui, eu recebi uma receita B-2 do meu médico, que é clínico geral, aceita normalmente na farmácia, há uns 3 meses.

    Não é nenhum doido de receitar o que não pode, conheço-o há mais de ano. Agora, não é uma informação oficial, é apenas um relato pessoal.

    Pode ser que seja irregular, como pode o médico dizer que clínico geral não receita poque talvez ele não tenha o formulário, que é mesmo mais controlado.

    ResponderExcluir
  15. ola luiz! o sistema SUS oferece a medicaçao sibutramina?
    grata,
    ema dias

    ResponderExcluir
  16. ola luiz desculpe,entrei como "anonimo" pois nao consegui enviar a mensagem com email ok...meu email é emadias@bol.com.br
    obrigada tenha um bom dia!

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Respondo direto por e-mail à sua pergunta.

    A Sibutramina genérica não é um medicamento caro, custa menos de 20 reais a caixa, mas não sei se o SUS o fornece. Como só pode ser vendida ou distribuída com receita, vale consultar um médico endocrinologista do SUS, já que obesidade ou mesmo estar com sobrepeso sempre pode afetar a saúde. Na rede Ultrafarma é possível verificar os preços das várias marcas, mas a venda de remédios controlados pela internet é proibida, de maneira que é preciso ir buscar, pois nem a entrega por motoboy é permitida. O telefone do disque saúde do sus é disque saúde 0800 61 1997
    Ministério da Saúde.

    Um abraço, obrigado pela visita ao blog.

    Luiz Leitão

    ResponderExcluir
  18. Mto bom eese blog... obrigada pelas informaçoes.

    ResponderExcluir
  19. ola luiz, só uma colocação...

    a lei que obriga o medico a prescrever pelo nome generico no sus é em decorrencia de que o sus usa o nome generico para fazer suas aquisições de medicamentos (que são por licitações), portanto essa lei vem para facilitar a dispersão dos remedios nas farmacias do sus. Porem a Sibutramina não é oferecida pelo sus e tal obrigatoriedade não se encaixa a ela.
    E já há casos em que o laboratorio que ganha a licitação para fornecer o sus, abastace o sistema unico com seus medicamentos de marca, como por exemplo o anticocepcional noregyna (da mabra), nesse caso prescrever pelo nome generico confundiria a pessoa que entrega o remedio...
    como vc percebe essa lei de generico no sus é coisa para ingles ver, até pq ela feri o principio da independecia do medico em escolher a terapeutica. Fora os casos em que genericos custam mais que medicações de marcas.

    Resumindo essa lei existe, mas é tão sem noção que não pegou e nem vai pegar.

    ResponderExcluir
  20. Caro Ricardo,

    Você tem total razão ao afirmar que lei não obriga a prescrição pelo nome do genério, até porque a marca de referência permite que adquira o genérico. O justo seria a prescrição da marca de referência e, alternativamente, o nome do sal genérico.

    Não é verdade absoluta que os genéricos custam mais, e uma pesquisa no site da Ultrafarma confima isso. Evidentemente, pode haver alguma exceção.

    Grato por informar que a Sibutramina não é fornecida pelo SUS (ATENÇÃO LEITORES!).

    Veja só: A maioria de nossa população é extremamente carente, e se um médico não mencionar o genérico, apesar de informar a marca de referência, muita gente não poderá se medicar.

    A única coisa não permitida nas receitas controladas é a compra de remédios não genéricos, mesmo que sejam de boas marcas.

    Veja só: Uso sinvastatina 20 mg da Hexal, que é Basf, qualidade indubitável. A caixa com 30cp me custou 8 reais. O mesmo, genérico da Medley,mas com 60 cp, custa 24 reais, e aí você tem razão.Mas vejamos de referência: O preço do Zocor (MSD) 20 mg com 30 varia entre R$ 129,00 e R$ 70,96, este último valor de promoção da Ultrafarma. A média a do mercado é mais alta.

    http://www.ultrafarma.com.br/index.php?ordem=1&texto_busca=zocor+20+mg&x=23&y=12

    Por último, obrigado pelo comentário sobre os leilões, e os demais, e por escrever ao blog.

    Um abraço.

    Luiz

    ResponderExcluir
  21. Luiz, talvez por você não ser médico não está acostumado que na nossa profissão Nem Tudo que Deveria Ser É.
    Os testes de bioequivalência teoricamente provariam que o genérico é tão eficaz quanto o de marca. Mas a coisa não é tão simples assim. O Excipiente desses medicamentos pode ser diferente, o que pode afetar o efeito final do medicamento. O Genérico não é obrigado a ter o mesmo excipiente do de marca, e por mais que nesses testes a Biodisponibilidade seja a mesma, talvez em outras situações fisiológicas o fato de o comprimido não ser EXATAMENTE IGUAL (o excipiente é diferente) pode causar as diferenças que vemos às vezes entre essas categorias de medicamentos.
    Eu digo por experiência própria. Medicamentos genéricos usados em Psiquiatria são DIFERENTES sim do de marca, em geral piores. Há casos que o paciente usa um remédio de marca há anos com bom resultados, e quando resolve mudar pro genérico, de repente piora.
    Medicamentos dermatológicos, se o paciente tem condição, também prefiro os de marca e de grandes laboratórios em vez dos manipulados.
    Com todas as outras classes eu, particularmrnte, gosto dos Genéricos, mas há marcas e marcas.
    Então quando um médico receita um medicamento de MARCA nem sempre ele está recebendo comissão do laboratório por causa disso (isso acontece infelizmente). Às vezes está pensando no paciente.

    ResponderExcluir
  22. Fernandozo,

    Agradeço os esclarecimentos. De fato, analisando a palavra bioequivalência, nota-se que equivalência não é exatamente igualdade, mas semelhança.Daí, você tem razão no que diz, e passo a compreender as razões dos médicos.

    Pode-se dizer que um genérico mais simples, de bom laboratório, é útil, digamos, Paracetamol, Sinvastatina, que eu uso do Ranbaxy.

    Não é só em medicina que nem tudo o que parece é.Na política, então, nem se fale.

    Mas você tocou num ponto importante: nos dermatológicos, "quando o paciente TEM condição" (...). Não tendo, creio ser o genérico melhor que nada.

    Um abraço,

    Luiz

    ResponderExcluir
  23. Bom dia, gostaria muito de tomar sibutramina pois estou com alguns quilos a mais indesejáveis, porém nenhum médico quer me receitar, eles insistem no fenproporex e amfepramona que já não fazem mais efeito, se alguém ai for de campinas pode me indicar algum médico que possa me receitar?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  24. Acho de extrema responsabilidade alguém se propor a escrever algo na internet,priuncipalmente a respeito de um assunto tão discutido,e que É FUNDAMENTAL ESTUDO,E CONHECIMENTO MÉDICO!
    As informações repassadas através da internet podem tanto ajudar como prejudicar milhões de pessoas,por tanto...CONSCIÊNCIA ANTES DE ESCREVER À RESPEITO DO QUE NÃO ENTENDE CARO ADMINISTRADOR DO BLOG!
    NÃO HÁ NESTE MOMENTO AINDA,QUALQUER NORMA DA ANVISA QUE PROIBE A PRESCRIÇÃO DE SIBUTRAMINA POR MÉDICOS QUE NÃO SEJAM ENDOCRINOLÓGISTAS.
    Se informe primeiro e estude antes de escrever sobre qualquer assunto que seja...
    Além de ser filha de médica,estou no quinto ano de medicina.
    Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. grande coisa!!!falou a doutora sabe tudo.

      Excluir
  25. Cara anônima,

    Você tem absoluta razão em sua crítica e utilíssima bronca dada ao editor. Foi um falha, a falta de correção no texto, da informação prestada por um MÉDICO, em entrevista, que decerto mentiu para não dizer não.

    Se você vir os comentários seguintes, verá as informações de que médicos clínicos gerais pou qualquer outro PODEM receitar com B-2 a Sibutramina.

    Foi um falha, pela qual peço desculpas.

    Obrigado,

    ResponderExcluir
  26. bom diaa ...
    gostaria de saber onde consigo comprar sem receita

    ResponderExcluir
  27. Bom dia, no caso o médico poderia receita um periodo de 60 dias, uma cápsula por dia totalizando 60 cápsulas, portanto duas caixas?
    Se vc mesmo afirmou que só pode ser vendida uma caixa?

    ResponderExcluir
  28. O que eu informei, segundo um farmacêutico, é que se for 1 cápsula ao dia, pode vender duas, sim. Mas se o médico receitar DUAS cápsulas ao dia, eles, só vendem uma caixa.

    Portanto, o correto é receitar duas caixas de 30 comp, tomar 1 comp ao dia.

    ResponderExcluir
  29. o médico avalia qual requisito para me receitar a sibutramina?
    Será que é só pedir pra ele me receitar ou ele avalia se eu realmente preciso?

    ResponderExcluir
  30. Pexanin,

    Há médicos e médicos.Uns avaliarão e darão somente de acordo com a real necessidade e condições físicas que afastem riscos, outros darão sem perguntar nada.

    O correto é você pedir uma avaliação, informar se tem alguma doença, se toma outros remédios, para ele calcular os riscos.

    Já ouvi de bons médicos que é um excelente medicamento, mas há pessoas cujo estado de saúde pode ser um fator de risco alto. Afinal, emagrecer é bom, mas não é preciso correr risco de vida para isso, não é?

    Consulte um bom médico, bem recomendado, é o meu conselho.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  31. Olá...
    Boa Tarde...
    Estou tomando sibutramina a 6 dias..e ela me tira totalmente a fome, quase não como nada e se cmo alguma coisa ´ja fico parecendo que comi um boi rsrs, desse jeito posso emagrecer muito ?? preciso perder 10kg

    Desde de já Obrigado !!!!!

    ResponderExcluir
  32. Como todo mecicaamento, funciona para uns e nem tanto ou nada para outros. Eu caí de 74 gk para 57. parei aí, fiquei sem tomar e estou com 59, que era minha meta mesmo. a questão é se controlar de pois de para, não ficar pensando em pratos maravilhosos, sonhando com pizzas, se não volta tudo.

    Quando chegar ao peso desejado, vá reduzindo, tomando dia sim, dia não, até para por completo, e se lembre de que o remédio não é mágico. Foi você, com ajuda dele e força de vontade que conseguiu. Conheço gente que toma por tomar, mas se entope de comida.

    Às vezes, comemos como compensação psicológica a frustrações, ansiedade. É como os alcoólicos anônimo: precisa estar sempre vigilante.

    Depois, pense na delícia que é poder vestir as roupas de tamanho menor. Eu hoje uso calça 38; antes, cheguei a 44.

    ResponderExcluir
  33. Pelo que eu saiba a sibultramina só pode ser vendida na dose maxima diaria de 15 mg portanto não pode ser receitada dois comprimidos ao dia, já que existe na concentraçao de 10 e 15 mg.
    O medicamento generico contém o mesmo princípio ativo e é aprovado realizando o teste de biodisponibilidade, se ele tem a mesma biodisponibilidade de um medicamento de referência, entao eles se tornam bioequivalentes. Para eles se tornarem bioequivalentes, o medicamento generico passa por um estudo complexo mostrando que a sua absorção e sua concentração no local de açao é equivalente a do medicamento de referencia, ou seja, a mesma biodisponibilidade. Pequenas variações não alteram sua segurança e eficácia.
    ABS

    ResponderExcluir
  34. Está correto e consta no texto da postagem. Se o médico receitar duas cápsulas, a farmácia só pode vender uma caixa. Logo, o correto é mesmo receitar uma ao dia.

    ResponderExcluir
  35. queria saber se posso pedir pra meu medico conciliar a subtramina com a fluoxetina ja que ele me receitou a fluoxetina.

    ResponderExcluir
  36. Cesar,

    É certo que você deve consultar seu médico, e não há problema nenhum em perguntar a ele sobre a sibutramina. Até porque somente ele poderá lhe receitar o medicamento, se ele decidir não haver contraindicação de tomá-lo com a fluoxetina, simultaneamente.

    ResponderExcluir
  37. gostaria de tomar e comprar sibutrmina como eu faço nao consigo receita .....

    ResponderExcluir
  38. Justamente a receita é controlada porque só um médico pode avaliar os riscos de se tomar o medicamento. Basta marcar uma consulta, mesmo com um clínico geral. Se ele, após um exame, concluir que o paciente pode e deve tomá-lo, ele o receitará.

    ResponderExcluir
  39. A prescrição pela DCB (Denomincação Comum Brasileira) só traz benefícios aos pacientes. Para que o medicamento obtenha a sua autorização de comercialização eles necessitam ser aprovados em testes de bioequivalencia. Testes de bioequivalencia significam testes de igualdade biológica (Não são iguais, são testes, mas dentro de um intervalo de confiança - parâmetro estatístico, são muito próximos) Como se tratam de compostos químicos, não são passíveis de alteração em sua fórmula. O que deve ser considerado é que como são muitas marcas para produzir genéricos (não estou falando dos similares) é entrar em contato com o Farmacêutico caso seja detectado algum medicamento de alguma marca que cause algum inconveniente como reação adversa, interação medicamentosa ou até a diminuição do efeito para que seja apurado ao invés de condenar a todos e valorizar uma marca (em média 40% mais caros).

    Espero ter contribuido

    duanedan@gmail.com

    ResponderExcluir
  40. Sim, contribuiu, e muito, obrigado! De fato, não se deve confundir GENÉRICOS com SIMILARES. Todo genérico tem o clássico "G" na embalagem.

    ResponderExcluir
  41. \ola pq a tanta diferencas de precos na ultrafarma..o preco muda o conteudo...

    ResponderExcluir
  42. por favor me ajuda qual é o melhor sibutramina.....tem ate de 5,00 na ultrafarma...

    ResponderExcluir
  43. Note duas coisas: Há embalagens com 14, 28 e 30 comprimidos. Perceba também que os genéricos têm um preço, e as marcas alternativas, ou SIMILARES (que não têm a garantia de equivalência dos genéricos) têm outros.

    De fato, na Ultrafarma e na drogaria vizinha, a Farmácia Conde, que também tem preços ótimos, há grandes variações, mas não vejo isso como problema. A questão é ter a garantia do GENÉRICO ou do medicamento de MARCA, a referência, que costuma ser bem mais caro que os genéricos.

    ResponderExcluir
  44. Sobre a questão de saber qual é a melhor marca, converse com o farmacêutico de lá, ou da vizinha Farmácia Conde. Compare embalagens com quantidades de cápsulas e dosagens iguais, e veja se o medicamento é GENÉRICO mesmo ou SIMILAR.

    ResponderExcluir
  45. Alguem pode me indicar um medico em SP que tenha licença para receitar Sibutramina???

    ResponderExcluir
  46. Luiz, gostaria que me tirasse uma dúvida.
    Agora a receita de Sibutramina, quando manipulada, a receita B2 deverá vir acompanhada da indicação de manipulação pelo médico prescritor. Como é esta indicação? Um termo? Ou apenas notificado na receita B2 medicamento manipulado?

    ResponderExcluir
  47. Sim, para Sibutramina, a receita tem de vir acompanhada do termo. Cuidado com a validade da receita, que expira em 30 dias.

    A indicação é um termo, sim, um impresso com informações sobre uso, cuidados, alertas, que vai assinado e carimbado pelo médico, em duas vias, tanto para manipulado como para genérico ou de marca.

    ResponderExcluir
  48. preciso comprar sibutramina urgente como faser

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso consultar um médico, não se pode recorrer a meios ilegais para comprar o remédio, que neste caso, pode até ser falsificado. Cuidado!

      Excluir
  49. preciso comprar sibutramina urgente como faser

    ResponderExcluir
  50. Você precisa consultar um médico, que, se for o caso, lhe dará uma receita. Esta é a única maneira prudente e legal de comprar sibutramina.

    ResponderExcluir
  51. Sou uma médica portuguesa, vivo em Portugal e gostaria de comprar sibutramina. É possível? E como?

    ResponderExcluir
  52. Aqui no Brasil só se pode comprar sibutramina com receita azul (controlada), emitida por médico com registro profissional brasileiro (CRM), acompanhada de um termo de responsabilidade, em duas vias, assinado pelo médico e paciente. Uma burocracia danada.

    Vindo ao Brasil, você teria de se consultar com um médico brasileiro para obter a receita.

    ResponderExcluir
  53. A idiota da farmacia só me vendeu uma caixa de sibutramina quando a minha receita dava direito a duas caixa dizendo que é proibido vender duas caixa,agora terei que marcar outra consulta no convenio para pedir outra receita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é a moça da farmácia que está errada, mas seu médico, que deveria conhecer a determinação da Anvisa, que só permite receitar uma caixa por mês.

      Excluir
  54. olá meu nome é maria usei a sibutramina 10mg por 3 meses de 105 fui pra 92 esse foi o minimo q eu cheguei mas pra minha tristeza to com 103 agora tom com a reseita em casa a b2 to qerendo toma d novo sera q da pra emagresse ..demora mais q a primeira vez obrigado espero resp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc tem indicação médica para tomar e tem a receita, não há por que desistir. O remédio não faz milagres. Há quem leve um ano para chear ao peso ideal. E ajudar maneirando na ingestão de doces, massas. Em muitos casos, as pessoas engordam por ansiedade.

      Lembre-se: ajude o medicamento, não queira que ele faça tudo por você.

      Excluir
  55. Ola oque certo tem que vim escrito na receita p/ subtramina de 15mg.. o medico tem que colocar como na receita para termos o direito de 2caixas.. já que isso tbm já aconteceu comigo de chegar na farmacia e moça só me vende 1caixa.

    ResponderExcluir
  56. Respostas
    1. De fato, o site é bem interessante, Ricardo. É muito útil, pois os jornais já mostraram várias vezes que os preços de medicamentos variam em porcentais absurdos, superiores a 300%.

      Por favor, me mande uma imagem do logotipo, ou outra qualquer, para fazermos uma postagem a respeito do site.

      Excluir
  57. minha medica me deu uma receita azul B na receita naos esta B2 ela serve pra comprar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente, sim. Você pode verificar isso com o farmacêutico do estabelecimento mais próximo. Ele é o profissional indicado para orientá-lo a respeito disso.

      Excluir
  58. Passei em uma Endocrino q me receitou Sibutramina 10mg por 30 dias e consulta de retorno em 1 mês. Terei q mudar de plano de saúde no próximo mês e acredito que não vou conseguir passar na mesma médica. Será que é possível passar em uma endocrino diferente este mês mesmo e pegar outra receita (se ela achar necessario) apenas para nao parar o tratamento até que eu consiga uma médica pelo meu novo plano?
    Resumindo: 2 receitas, de médicas diferentes, no mesmo mes, para a mesma paciente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma possibilidade para não haver interrupção. Feito às claras, como você mesmo(a)disse, não deve haver problema. Afinal, ninguém melhor que o médico para decidir isso, especialmente tratando-se de medicamento de uso continuado e controlado.

      Excluir
  59. Eu fiz uso do sibutramina uns 3 meses e realmente o efeito é rapido,emagrecir bastante e recebis varios elogios,mais com alguns meses depois tive um serio problema de calculo renal cheguei a fazer 5 cirurgias.e a minha médica me disse que esse problema poderia ser consequência da sibutramina no organismo,gostaria de saber se isso é verdade???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Observe que a médica disse "poderia", sem afirmar que fato teria sido esta a causa do cálculo. Há que ver as estatísticas, os estudos em laboratório.

      Excluir
  60. Se a receita de Sibutramina vier escrito 02 cx, tomar 2x ao dia o que é errado.... o farmacia aceita vender apenas 01 cx ou tenho que trocar a receita para que seja colocado 1cx tomar 1x ao dia?

    ResponderExcluir
  61. Ola Luiz, o medico clinico geral pode passar receita de sibutramina?
    Obrigada e aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aurea,

      Segundo uma médica que postou aqui, qualquer médico pode, sim, receitar o medicamento, desde que tenha a receita adequada, B2, e o termo de responsabilidade, que agora é obrigatório.

      Não faz muito tempo, fiz uma consulta ao CRM a respeito de especialidades médicas, e eles responderam que qualquer médico pode atuar em todas as áreas, mesmo não tendo título de especialista, mas desde que não se intitule especialista.

      Parece estranho, mas é assim mesmo. Por isso, quando um profissional se diz especialista, convém consultar o site do CRM de seu estado para saber se de fato ele tem o registro de especialista. O mesmo vale para dentistas.

      Excluir
  62. Eu comprei um tarja preto de marca que eu numca usei....ai resolvi ir na farmacia trocar por a marca de costume...mais o farmaceutico nao quis trocar ...pode isso...ele falou que tarja preta nao tem como troucar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele está certo, não pode mesmo trocar.

      Excluir
    2. Bom dia, sou médico psiquiatra, é íncrivel como mesmas palavras tenham significados diversos que atrapalham a comunicação. Sobre medicamentos como exemplo, o Cloridrato de sibutramina é teóricamente identico ao primeiro da marca crido pelo laboratório, se não me engano foi o Sibus. Os demais são copias que chegam após a perda da patente do produto, anos depois. Estes já não da para jurar se são exatamente a mesma coisa ( sibuctil, redulip, vazy, nolipo plenty, biomag, etc, etc. Já os manipulados tem menos chance ainda de conterem as mesmas propriedades do original.
      Dá para ver pelos preços. O original é o mais caro, em segundo lugar vem o genérico, depois a guerra de preço entre as copias e o mais barato, no geral e que menos funciona é o manipulado.

      Excluir
  63. Olá Luiz, bom dia! gostaria de saber se o médico precisa assinar algum termo de responsabilidade para que eu possa ter direito a sibutramina nas farmácias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa sim, um termo que é assinado também pelo paciente, e acompanha a receita azul.

      Excluir
  64. ola,,,eu n consigo comprar,so com a receita sem o termo n?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consegue. Mas o médico tem obrigação de saber disso. se emitiu a receita, tem de emitir o termo.

      Excluir