Pesquisar conteúdo deste blog

sábado, 5 de outubro de 2013

A Lanugem Local

    Legendas: Amarelo: direção do movimento do Sol. Cloud: nuvem

As estrelas não estão sozinhas. No disco de nossa galáxia Via Láctea, cerca de 10 por cento da matéria visível está na forma de gás, chamado o meio interestelar (ISM). O ISM não é uniforme, e demonstra presença inconstante mesmo próximo ao Sol.

Pode ser bem difícil detectar o  ISM local porque ele é muito tênue e emite muito pouca luz. Este gás, majoritariamente hidrogênio, no entanto, absorve algumas cores muito específicas, que podem ser detectadas na luz das estrelas mais próximas

Um mapa funcional do  ISM local dentro de 20 anos-luz, baseado em observações em andamento e recentes detecções de partículas pelo Satélite Orbital Terrestre de Explorações das Fronteiras Interestelares (IBEX), é mostrado acima. Essas observações indicam que nosso Sol está-se movendo através de uma Nuvem Interestelar  Local à medida que esta nuvem flui para fora da região de formação estelar Associação Escorpião-Centauro

Nosso Sol pode sair da Nuvem Local, também chamada Lanugem Local, durante os próximos 10.000 anos. Ainda resta muito desconhecimento sobre o  ISM local, inclusive detalhes de sua distribuição, sua origem, e como ele  afecta o Sol e a Terra. Inesperadamente, recentes medições da espaçonave IBEX indicaram que a direção da qual partículas interestelares neutras fluem através do nosso Sistema Solar  está mudando.

Tradução de Luiz Leitão

The stars are not alone. In the disk of our Milky Way Galaxy about 10 percent of visible matter is in the form of gas, called the interstellar medium (ISM). The ISM is not uniform, and shows patchiness even near our Sun.

It can be quite difficult to detect the local ISM because it is so tenuous and emits so little light. This mostly hydrogen gas, however, absorbs some very specific colors that can be detected in the light of the nearest stars

A working map of the local ISM within 20 light-years, based on ongoing observations and recent particle detections from the Earth-orbiting Interstellar Boundary Explorer satellite (IBEX), is shown above

These observations indicate that our Sun is moving through a Local Interstellar Cloud as this cloud flows outwards from the Scorpius-Centaurus Association star forming region

Our Sun may exit the Local Cloud, also called the Local Fluff, during the next 10,000 years. Much remains unknown about the local ISM, including details of its distribution, its origin, and how it affects the Sun and the Earth. Unexpectedly, recent IBEX spacecraft measurements indicate that the direction from which neutral interstellar particles flow through our Solar System is changing.


Nenhum comentário:

Postar um comentário